Encontre seu VIC

Financiamento de imóveis: Como funciona o crédito imobiliário?

Ter o próprio imóvel é a realização de um sonho para muitos brasileiros, afinal, trata-se de um passo importante que proporciona comodidade e qualidade de vida para a família. E para tornar esse objetivo possível, o financiamento imobiliário se destaca como uma excelente alternativa.

O crédito imobiliário é uma opção que pode facilitar o processo, por isso, deve ser considerado. Através dele, é possível encontrar condições e parcelas que cabem no bolso.

Mas afinal, como funciona o crédito imobiliário? Se você deseja conhecer melhor as possibilidades para conquistar a casa própria, vamos ajudar. Continue lendo este post e veja tudo sobre o assunto e entenda quais as melhores possibilidades para o financiamento de imóveis.

O que é o crédito imobiliário?

O crédito imobiliário é um recurso cedido às pessoas para adquirir um imóvel por meio do financiamento, ou seja, pagando parcelas mensais. Isso quer dizer que a instituição financeira divide o valor do imóvel em um plano de parcelas, com valores de acordo com o perfil do cliente.

Basicamente, é uma forma para facilitar a aquisição de imóveis com o parcelamento a longo prazo, ou seja, em maior quantidade de meses. Durante o plano, o imóvel permanece no nome do comprador e não pode ser negociado até que seja quitada a dívida.

Como funciona o crédito imobiliário?

Quando uma pessoa ou família deseja ter um imóvel próprio, é possível realizar o financiamento do valor do apartamento. Para isso, é iniciado o processo de análise pelo banco para determinar quais os valores e plano, de acordo com o perfil do cliente.

As principais linhas de financiamento imobiliário são:

  • SFH – Sistema Financeiro da Habitação;
  • SFI – Sistema de Financiamento Imobiliário;
  • Financiamento direto com a construtora.

Nesse processo, é analisado o histórico financeiro, valor de entrada e outros aspectos para definir as melhores alternativas para o financiamento. A partir disso, a instituição financeira paga o vendedor do imóvel e o cliente paga a instituição em parcelas mensais.

O que é preciso para conseguir crédito imobiliário?

O financiamento concedido pelo crédito imobiliário é realizado em diferentes formas e condições, que podem variar de acordo com a instituição financeira. Geralmente, o que pode mudar é a taxa de juros, condições de pagamento, duração do contrato e a porcentagem do imóvel que pode ser financiada.

Nesse sentido, para conseguir o crédito imobiliário você deve atentar às seguintes condições e documentos:

  • ser maior de 18 anos;
  • não ter restrições no nome;
  • apresentar documento de identificação;
  • apresentar comprovante de renda.

Resumindo, para conseguir o crédito imobiliário é preciso ter formas para comprovar a renda familiar e as documentações necessárias. Além disso, a instituição financeira avalia o valor de entrada, uso do FGTS e o perfil do cliente para indicar as possibilidades e tipo de financiamento.

O que devo saber antes de financiar um imóvel?

Como você viu até aqui, o financiamento imobiliário é um recurso importante para conquistar os seus objetivos e ter o próprio apê. Entretanto, por ser um investimento importante é imprescindível tomar cuidados e definir um planejamento específico para esse objetivo.

Além de escolher um imóvel de qualidade, localizado em uma boa região e construído por uma empresa reconhecida e de confiança, é indispensável analisar o plano financeiro e estar ciente de todos os detalhes, para evitar transtornos e garantir um excelente negócio.

Nesse contexto, antes de financiar um imóvel considere os seguintes fatores:

  • as taxas não são iguais e variam de acordo com a pessoa e banco;
  • é preciso avaliar o CET – Custo Efetivo Total, que é o valor realmente pago;
  • o valor da parcela pode variar de acordo com a sua idade;
  • possibilidade de ter custos adicionais com documentações.

Diante disso, você terá a oportunidade de realizar o seu sonho sem ter surpresas desagradáveis e riscos. Portanto, mesmo com a euforia de estar próximo de se mudar para a casa própria, análise todas as informações para embasar suas decisões e garantir a felicidade de toda família.

Como funciona o parcelar da entrada de um imóvel?

Para conseguir o crédito imobiliário e financiar o seu apartamento é necessário ter um valor para dar entrada. Dessa forma, fazer uma reserva financeira e apresentar uma porcentagem do imóvel como entrada, seja com o FGTS ou poupança, é decisivo para conseguir fechar negócio.

Entretanto, existe possibilidade de financiar também o valor de entrada, o que torna o processo ainda mais fácil, otimizando o seu planejamento e orçamento. O parcelamento de entrada é oferecido para imóveis que ainda estão na planta, ou seja, em construção.

Assim, você tem a possibilidade de pagar a entrada durante as obras, até a entrega das chaves. Quando o imóvel estiver pronto para morar, inicia-se às parcelas do financiamento contratado no crédito imobiliário, o que é uma ótima opção para quem não tem valores disponíveis no momento.

Afinal, é possível fazer o financiamento imobiliário?

O financiamento imobiliário é um recurso vantajoso para facilitar a conquista do apartamento próprio, tornando-o mais acessível. Por isso, consiste na oportunidade ideal para realizar o seu sonho de morar em um lugar próprio, com liberdade para decorar e organizar do seu jeito.

Sendo assim, é possível fazer o financiamento e pagar seu imóvel em parcelas que cabem no seu bolso, o que é um bom investimento. No entanto, é importante avaliar bem as opções, escolher boas regiões, com segurança e um planejamento financeiro criterioso.

Para tornar ainda mais fácil a aquisição de um apartamento foi criado o Programa Casa Verde e Amarela, que oferece condições especiais para determinados públicos, ou seja, melhores possibilidades e vantagens para quem deseja realizar o financiamento imobiliário.

Trata-se de um programa habitacional desenvolvido com o objetivo de substituir o Minha Casa Minha Vida. Dessa maneira, o programa divide as famílias em 3 grupos, de acordo com a renda, que são os seguintes:

  • Grupo 1: famílias com renda de até R$ 2.000;
  • Grupo 2: famílias com renda entre R$ 2.000 e R$ 4.000;
  • Grupo 3: famílias com renda entre R$ 4.000 e R$ 7.000.

Nesse sentido, é definido taxas de juros e condições especiais que permitem a essas pessoas realizar o financiamento imobiliário. Portanto, é uma excelente alternativa para estudar e planejar a compra do seu imóvel, de maneira prática e mais acessível.

Como pode notar, o financiamento imobiliário consiste na oportunidade perfeita para realizar o sonho da sua família e sair do aluguel. Afinal, investir em um imóvel próprio é imprescindível para ter maior liberdade, comodidade, conforto e uma vida mais tranquila para criar seus filhos.

Gostou do post? Agora que entendeu a importância e como funciona o crédito imobiliário, acesse nosso site e faça uma simulação! Veja nossas soluções e imóveis perfeitos para realizar o seus objetivos e conquistas! 




Veja também


Como investir o 13º salário para sair do aluguel?

Como investir o 13º salário para sair do aluguel?

Você já pensou que pode usar o décimo terceiro salário para dar uma turbinada no seu sonho de sair do aluguel? Como esse é basicamente um dinheiro extra, planejando de forma inteligente dá para compor o valor de entrada do financiamento.    Em vez de gastar com...