Encontre seu VIC

Receba
dicas e promoções
por email


    Quais os documentos para financiar um imóvel?

    Antes de realizar o sonho de aquisição da casa própria você terá que providenciar diversos documentos para financiar um imóvel. Uma lista extensa é solicitada, a fim de compor a proposta de solicitação de crédito e comprovar uma série de informações.

    Durante o processo, eles são necessários para garantir a segurança do banco que está pedindo e da própria pessoa que está abrindo o financiamento. Cada banco tem suas regras, por isso é tão importante verificar antecipadamente quais são os documentos exigidos.

    Neste artigo você confere os principais documentos solicitados pelos bancos no momento de fazer um financiamento. Continue lendo e veja a importância de ter essa documentação bem-organizada antes de iniciar a compra!

    Qual a documentação necessária para financiar um imóvel?

    O financiamento de imóvel é um processo burocrático e  demanda que documentos sejam anexados para resguardar as partes envolvidas. Tanto o banco quanto o comprador precisam formalizar o acordo de pagamento referente ao valor do apartamento adquirido. 

    A relação de documentos para financiar um imóvel engloba desde os pessoais, comprovantes de vínculo de trabalho e financeiros. Para você que planeja investir na casa própria é fundamental já ir separando todos os documentos garantindo que esteja tudo certo na hora de apresentar ao banco. 

    Veja agora os principais documentos, sua importância e como eles refletem na análise de aprovação do crédito imobiliário!

    Documentos de identificação

    A sua carteira de identidade e CPF são fundamentais e estão no topo de qualquer lista de documentos. Para o financiamento, o banco solicita esses documentos com o intuito de entender um pouco mais do perfil solicitante, por meio de pesquisas nos órgãos de proteção de crédito.

    Com eles é possível identificar se há pendências financeiras atreladas ao seu nome, bem como o nível de endividamento. Os resultados podem sair do Serasa, SPC ou até mesmo de outros bancos, em relação a produtos como conta corrente e cartão de crédito.

    Além disso, com a identidade e CPF o concedente do financiamento vai começar o processo para adicionar você ao banco de dados deles, o que é importante durante e depois do financiamento.

    Carteira de trabalho

    A cópia da carteira de trabalho será útil para o banco entender qual é a sua atividade profissional no momento da solicitação do financiamento e também para auxiliar na comprovação da sua renda mensal.

    O tempo longo de trabalho em uma mesma empresa pode não determinar a aprovação do crédito, mas contribui para mostrar um perfil estável do solicitante. Mas não se preocupe se você não for um empregado formal CLT, pois os profissionais autônomos ou MEIs podem apresentar outros tipos de documentos, como a declaração do imposto de renda.

    Comprovante de endereço

    Mesmo que você ainda more de aluguel ou em uma casa que não é sua, o comprovante de endereço será um facilitador para que a instituição financeira concedente do financiamento te encontre, seja para enviar correspondências, ou até mesmo entrar em contato com você por qualquer motivo.

    Para essa comprovação, de modo geral, são aceitas as contas de água, luz, telefone ou até mesmo o contrato de aluguel devidamente registrado em cartório. É necessário que o documento esteja em nome do solicitante do financiamento.

    Comprovante de estado civil

    Este documento é necessário para que o banco saiba como é a composição do seu grupo familiar e também a quem recorrer na sua ausência. Se for casado ou viúvo, por exemplo, você precisa sempre manter atualizadas e em mãos a certidão de casamento ou a de óbito do cônjuge.

    Comprovação de renda para financiar um imóvel

    O banco utiliza os comprovantes de renda para saber se pode aprovar o seu financiamento e como devem ser feitas as parcelas e o prazo de pagamento. No caso de quem é CLT, será necessário apresentar os holerites ou contracheques de, pelo menos, os últimos três meses.

    Se você for um trabalhador autônomo ou MEI, é preciso que você forneça todos os extratos da conta, a declaração do imposto de renda pessoa física (IRPF). Assim, o banco pode atestar se você tem condições financeiras de arcar com as parcelas do financiamento.

    Tudo que entra e que sai precisa ser informado mesmo se o contrato de trabalho não for formal. Abrir uma conta no banco que vai realizar o financiamento também é necessário para que a instituição financeira já saiba qual é o seu perfil e tenha todas as suas informações.

    Se ao fazer a simulação, você optar pela composição de renda, saiba que todos os compradores deverão apresentar os documentos solicitados. A análise é individual e o documento pendente de um pode comprometer os demais dentro do mesmo processo.

    Na maioria dos bancos é permitido compor entre três e quatro rendas, o que pode ser feito com qualquer pessoa — cônjuge, pais, avós, amigos, parentes — levando em conta as particularidades dessa decisão.

    Ebook organização financeira
    Ebook primeiro apartamento

    Extrato do FGTS

    O fundo de garantia (FGTS) pode ser usado para financiamento do imóvel, seja para a entrada ou abatimento dos juros de obra. Se você decidir utilizar o recurso para melhorar as chances de aprovação, deverá apresentar o extrato original do FGTS, atualizado e devidamente carimbado pela Caixa Econômica, banco responsável pela manutenção do fundo.

    Certidões negativas, dependendo do banco

    Alguns bancos vão solicitar ainda certidões negativas para iniciar o financiamento do imóvel, o que varia conforme as normas internas. Dessa forma, é necessário ficar atento à lista de documentos disponibilizada pela instituição financeira e providenciar o quanto antes.

    Entre as certidões podem estar:

    • negativa de ações na Justiça Federal;
    • ações cíveis;
    • interdição: tutela e curatela;
    • imposto de renda;
    • ações das Fazendas estadual e municipal.

    Caso você seja comerciante, o banco poderá pedir a certidão de quitação de tributos e contribuições federais, dentre outros.

    Vale lembrar que a regra não é a mesma para todas as instituições financeiras e aqui podem não estar listados todos os documentos necessários. Consulte sempre o banco no qual pretende financiar o imóvel e solicite mais informações.

    Qual é a importância de ter uma documentação atualizada?

    Ao decidir comprar um imóvel, o próximo passo será montar um planejamento financeiro e visitar a construtora para saber mais detalhes. Lá, além de conhecer seu futuro apartamento, você vai tomar ciência dos bancos ou instituições financeiras, habilitados para conceder o financiamento. 

    Feito isso, será momento de verificar os documentos exigidos e tratar de buscar as informações necessárias. Mesmo que você não for fechar o negócio de imediato, procure ter em mãos a documentação atualizada. 

    Elabore uma lista de todos os documentos solicitados e, à medida que você providenciar, dê baixa para não esquecer de nada. O financiamento imobiliário requer atenção e cuidado, pois a falta de um documento pode acarretar a reprovação do crédito. 

    Não são muitos os documentos para financiar um imóvel, mas o esquecimento ou um erro nos dados pode prejudicar o processo de compra. A antecipação leva à organização, permitindo uma conferência de toda a relação e se preciso, correr atrás de algum documento faltante.

    Qual o custo para obtenção dos documentos para casa própria?

    A maioria dos documentos você já tem disponível e vai precisar apenas de um xerox, com um custo baixo por cada folha impressa. Porém, no caso das certidões, solicitadas em cartório, é essencial buscar informações sobre as taxas cobradas, bem como os prazos de entrega. 

    Os valores não são tabelados e ficam disponíveis na unidade ou na página da web, variando conforme o tipo de documento e do cartório emitente. Além de se antecipar quanto aos documentos você também se organiza financeiramente.

    Quais são os prazos para obtenção desses documentos?

    Os cartórios contam com um serviço de solicitação online ou presencial e para qualquer opção há um prazo de entrega, após o pagamento da taxa.  As certidões de nascimento ou casamento, por exemplo, são válidas apenas por 90 dias após sua expedição e precisam de uma nova via, que será apresentada ao banco. 

    Sabemos que adquirir a casa própria é um sonho de muitas pessoas ao longo da vida e o financiamento pode ser uma das opções para realizar esse desejo. São anos de trabalho para comprar à vista ou até mesmo dar uma entrada para financiar o restante.

    Esse é, entre tantos, um dos motivos para você dar total atenção a uma das etapas mais complexas do processo. Conseguir a aprovação para financiar um imóvel é uma conquista que nem todos conseguem e  muitas vezes devido à falta de documentação adequada e completa.

    Logo, tudo o que você puder fazer para se antecipar e conquistar o sonhado sim será válido quando você estiver com as chaves do seu apartamento novo. Contar com o apoio especializado de um corretor imobiliário pode ser muito útil na compra do seu imóvel.

    Nesse sentido, toda a equipe de especialistas da VIC Engenharia está à disposição para orientar você e ajudar na separação dos documentos para financiar um imóvel. Com esse apoio é possível repassar a lista e agir rapidamente e assim não perder a análise de crédito.

    Se você viu um apê do jeitinho que deseja, garanta o quanto antes tudo o que for preciso de documentos para financiar um imóvel. A oportunidade nasce de um desejo e do empenho para fazer o sonho se tornar realidade, pois sabemos que nada é mais reconfortante do que ter um lar para chamar de seu.

    Gostou das nossas dicas sobre os documentos para financiar um imóvel? Então, aproveite para assinar a nossa newsletter e receber direto na sua caixa de entrada diversos conteúdos que vão ajudar você na compra do apê dos sonhos!

    Lar dos sonhos



    Veja também


    Apartamento garden: o que é e quais as vantagens?

    Apartamento garden: o que é e quais as vantagens?

    Um apartamento garden é um tipo de imóvel térreo que conta com área externa privativa. Esse espaço adicional pode ser usado um jardim, quintal ou varanda térrea, proporcionando um ambiente aconchegante e versátil para relaxar, se divertir e aproveitar o ar livre....

    5 sinais que indicam a hora de um casal ir morar junto

    5 sinais que indicam a hora de um casal ir morar junto

    A decisão de morar junto deve ser tomada com base em uma avaliação honesta e realista da sua relação e das suas expectativas. Converse com o seu parceiro sobre seus sentimentos e preocupações. Façam planos para o futuro e discutam como vocês pretendem dividir as...