As melhores cores de tinta para parede da sua casa

Montar uma casa nova ou até mesmo reformar a sua, exige considerar diversos fatores. Desde a escolha dos pisos a disposição dos móveis e o projeto paisagístico, tudo importa e deve ser pensado com antecedência. Porém, uma característica que interfere, mas poucas pessoas parecem dar atenção,são as cores de tinta para parede que serão usadas.

As cores são formadas em nosso cérebro assim que nossos olhos entram em contato com diferentes comprimentos de onda da luz. Essa percepção causa reações diferentes no cérebro, e é justamente por isso que elas são tão importantes na decoração. Uma escolha de cores pode prejudicar ou melhorar um cômodo e faz muita diferença no resultado final.

O uso das cores vai muito além da beleza e dos caráteres estéticos da mesma. As cores são capazes de transmitir sensações diferentes, podendo, assim, mudar totalmente a percepção que se tem de algum ambiente. Para ajudar você na escolha das melhores cores de tinta para parede em sua casa, separamos algumas dicas para acertar em cheio.

As principais dicas de cores de tintas para parede

Pense no cômodo

O primeiro passo é analisar o lugar onde você pretende usar tal cor. Os elementos que estarão dispostos no ambiente, como móveis, piso, paisagismo e a cor de tinta escolhida devem estar em uma relação harmoniosa.

Por isso, o planejamento de um projeto de decoração de interiores é importante. Nele, você pode definir os objetivos que pretende alcançar e conjugar as escolhas para chegar no resultado desejado.

Vários fatores influenciam nessa escolha, como o tempo de permanência no cômodo, a função do mesmo, o tamanho, etc. Ambientes mais amplos comportam cores mais escuras e vivas, enquanto os menores podem parecer muito carregados com o uso das mesmas. A iluminação que atinge o espaço também influencia, já que as cores podem mudar de tom se estão na sombra ou à luz do sol, por exemplo.

Além disso, é importante saber que as cores podem se comportar de maneira diferente, dependendo do cômodo que está sendo trabalhado em questão. Uma cor que funciona para a sala de estar, pode não ser tão agradável para o quarto. Entenda melhor quais cores usar, e quais não são indicadas para os diferentes ambientes da casa:

  • Quartos

Quartos são, primordialmente, locais de descanso. Por isso, as cores devem ajudar a ter uma noite de sono tranquilo. Para você ter uma ideia, um estudo realizado em 2013 constatou que alguns tons ajudam em uma noite de sono mais tranquila e duradoura. As matizes vitoriosas nesse estudo foram as mais escuras e fechadas, como o cinza e o azul. Optar por alguma dessas cores no seu dormitório pode fazer toda a diferença no dia a dia.

Evite usar cores muito chamativas e vibrantes, como vermelho, amarelo, laranja e rosa, já  que as mesmas exprimem uma ideia de excitação. O que será um empecilho na hora de relaxar e curtir seu momento de tranquilidade dentro do quarto. Se você fizer muita questão de usar cores mais vivas, deixe-as na parede de trás da cabeceira, assim não ficam no seu campo de visão da hora de dormir.

  • Salas

As salas são locais de divertimento e devem ser acolhedoras e transmitir conforto. Para isso, temos várias saídas possíveis, como usar tons terrosos, como marrom, bege, marsala e gelo. Assim você consegue criar um clima gostoso para passar longas tardes com os amigos, ou mesmo assistindo TV, se sentindo confortável em casa.

Se as salas em questão são salas de estar e visitas, as mesmas podem comportar cores mais ousadas. Por se tratarem de locais que não ficamos muito tempo, ou que estão ligados à diversão, os tons fortes dão personalidade ao ambiente. Assim, todos saberão a quem pertence aquela casa, já que seus gostos estarão “estampados”, literalmente, na parede.

Se pensarmos em uma sala de jantar, então tudo deve remeter a tranquilidade e elegância. Tons sofisticados como o preto, cinza e branco caem muito bem e deixam o momento das refeições mais agradáveis. Porém, o mesmo local pode ter um tom mais descontraído com elementos coloridos, tudo depende do tom que os donos querem passar.

  • Banheiros

Os banheiros, mesmo sendo um dos locais menos lembrados na hora de fazer a decoração da casa, deve ser tratado com carinho, pois possui algumas especificidades. A principal característica é transmitir  limpeza e tranquilidade. Nada melhor do que chegar cansado em casa e poder tomar um banho relaxante em um ambiente claro e sentir a pureza em si.

Para isso, a melhor escolha de cores de tinta para parede do banheiro são as matizes claras e lavadas. O branco é o mais usado e indicado, mas tons pastel também são muito agradáveis, como um rosa bebê um verde ou azul bem clarinhos. Essas cores também ajudam na iluminação do ambiente, deixando tudo mais claro e fresco.

  • Cozinha

Por último, mas não menos importante, temos a cozinha. Tida como o coração da casa, esse espaço também deve ter cuidados especiais quando vamos pensar nos tons dominantes do cômodo. Passamos bastante tempo na cozinha, e, por isso, o local precisa ser agradável para realizar refeições e confraternizações, além de ser confortável para que se possa cozinhar com tranquilidade.

Existem duas opções de cores muito indicadas para esses ambientes. Primeiramente, os tons off-white e claros passam uma ideia de limpeza e são coringa na hora de definir as cores de tinta para a parede das cozinhas. Porém, também há a opção de colocar uma cor mais forte vibrante em uma das paredes, como vermelho, vinho e amarelo incitando assim a fome e deixando um clima mais descontraído.

Use o círculo cromático

Se escolher uma cor já é uma tarefa complicada, combinar as diferentes opções que temos para criar um ambiente agradável e coeso pode parecer impossível. Quase nunca temos uma cor única dentro de casa, e para que todas as matizes estejam dentro do propósito traçado e não conflitem entre si, é ideal que o planejamento da decoração também inclua um estudo da combinação das cores.

Para ajudar nessa tarefa, existe o círculo cromático, que nada mais é do que a disposição de todas as cores do espectro em um formato de roda. Com ele, fica visível quais cores são mais parecidas e quais se contrastam mais. As matizes que ficam ao lado uma da outra são as cores que chamamos de análogas, ou seja, que possuem uma relação próxima e vão sempre ir bem juntas.

Já as complementares são a que se encontram em posições opostas. Elas têm uma relação de contraste entre si e dão bastante destaque por essa contraposição. Isso pode ser bom quando temos um tom predominante no ambiente e queremos dar destaque para algum elemento, já que essa oposição causa uma quebra na linearidade dos tons existentes.

Com um círculo cromático em mãos, defina qual a cor principal você quer ter na parede do seu cômodo de acordo com a funcionalidade do ambiente, e defina uma paleta que será  usada em toda a decoração. Assim, você não foge da ideia inicial e consegue imprimir personalidade à sua casa sem errar.

Use aplicativos de simulação

Pintar a casa é algo que demanda um tempo grande e acaba tendo um custo elevado. Por isso, é importante ter certeza do que está fazendo antes mesmo de começar. Para garantir que a cor escolhida é a mais indicada para esse ambiente, existem alguns aplicativos e sites que possibilitam que você teste diferentes cores de tinta para parede virtualmente.

A maioria deles são oferecidos por marcas de tintas e já fornecem a opção de testar a aplicação da tonalidade específica escolhida na parede em questão. A Sherwin-Williams possui um aplicativo chamado ColorSnap, com opções para computadores e celulares. A Coral já tem a versão chamada Coral Visualizer e a Suvinil apenas para os dispositivos móveis.

Tenha em mente todas essas dicas e, com certeza, você acertará nas escolhas de cores de tinta para parede. Com os direcionamentos certos, bom gosto e um bom planejamento, é fácil fazer algo lindo e útil. Quer saber mais dicas de como decorar um apartamento gastando pouco? Neste blogpost te ensinamos todos os passos que você precisa saber!




Veja também