Encontre seu VIC

Receba
dicas e promoções
por email


    4 vantagens de morar em um apartamento com bicicletário

    Um condomínio com bicicletário pode acabar de vez com aquela preocupação de quem deseja comprar um apê, mas tem receio de não ter onde guardar a magrela. Esse é um ponto positivo, considerando o incentivo à prática de uma atividade física, bem como a promoção à saúde e lazer do morador.

    Se você já tem costume de andar de bike ou pretende iniciar no esporte, ao passo que deseja investir na casa própria, saiba que é possível unir o útil ao agradável. Existem alternativas com espaços seguros para que os moradores não precisem guardar dentro do apartamento. 

    Neste post você vai entender como funciona o bicicletário no condomínio e qual o nível de segurança oferecido. Continue lendo e veja 4 vantagens de utilizar um espaço destinado à guarda das bikes!

    Como funciona o bicicletário do condomínio?

    O uso de bicicletas, seja como esporte ou para locomoção até o trabalho, nunca esteve tão em alta. Um meio de transporte prático, rápido, econômico e saudável, que ganhou adeptos no Brasil inteiro, sobretudo, nas grandes metrópoles. 

    Com o aumento dos combustíveis ou dificuldades em um trânsito caótico, as bicicletas têm um acesso mais fácil pela via própria. No entanto, é para a prática de esporte que elas estão no coração de grande parte dos brasileiros.

     

    Nesse contexto, para quem tem uma bike e pretende comprar um imóvel com opção por apartamento, resta uma dúvidas sobre onde e como guardar sem a dificuldade de subir ou descer lances de escadas. 

    Foi depois de perceber essa necessidade, que muitos empreendimentos têm reservado espaço nos condomínios para construção de um bicicletário. A área é exclusiva para moradores que querem manter suas bicicletas em um estacionamento próprio para esse tipo de veículo.

    É seguro utilizar o bicicletário do condomínio?

    Alguns bicicletários são fechados com grade, enquanto outros têm estrutura de encaixe ideal para uma bicicleta. Em ambos, é possível usar correntes e cadeados de uso exclusivo do proprietário da bike. Nesses espaços as bicicletas podem ocupar um espaço horizontal ou ficar suspensas, sem qualquer risco de acidente ou quedas. 

    Para evitar problemas há regras de utilização, retirada e guarda das bicicletas, sempre zelando pela preservação do bem e uso coletivo — desde a autorização de quem pode ter acesso até as responsabilidades em caso de roubo de uma bike ou de peças. 

    Como o combinado não sai caro, as normas devem também seguir um padrão de outras estabelecidas para as áreas comuns de um condomínio. As bicicletas de crianças, por exemplo, serão de responsabilidade de um adulto para evitar maiores contratempos.  

    Quais as vantagens de ter um bicicletário no condomínio?

    A compra de um apartamento que já inclui um bicicletário pode trazer uma série de vantagens para os moradores. Só de não ter que subir escadas empurrando a bike, já é um ganho enorme de tempo e praticidade. 

    Além disso, separamos 4 benefícios de manter a bicicleta, mesmo morando em apartamento. Confira!

    1. Economia de espaço

    Sabemos que os apartamentos, mesmo com uma boa dimensão, são espaços compactos que exigem planejamento na disposição dos móveis e objetos de coração. Nem sempre existe um espaço interno para a guarda de uma bicicleta, mesmo que suspensa na parede. 

    O bicicletário é a melhor alternativa nesses casos, uma vez que o morador não precisa reservar parte de um cômodo para guardar a bike. Com o estacionamento próprio na área externa do condomínio, você pode economizar espaço e poupar esforços para subir e descer empurrando a bicicleta pelas escadas.

    2. Valorização do imóvel

    Embora não exista uma lei federal que obrigue um condomínio a disponibilizar um espaço como bicicletário, em cidades como São Paulo, por exemplo, a lei municipal institui que 10% da área construída dos novos condomínios sejam atribuídos a um local de estacionamento ou guarda desses veículos. 

    Portanto, tudo o que for acrescentado de diferente no condomínio e trouxer benefício para os moradores, certamente, valorizará o imóvel. É cada vez maior o número de pessoas, entre ciclistas e simpatizantes, que investem em uma bike para usar no dia a dia e deixar o carro ou moto na garagem.

    3. Maior organização dos condomínios

    Imagine entrar em um condomínio e ver bicicletas espalhadas por todos os lados ou ainda circulando entre os carros, sob o risco de acidente por atropelamento. Na maioria dos condomínios os bicicletários são construídos de forma estratégica próximo ao portão de entrada do estacionamento para facilitar o ir e vir. 

    Além disso, o não transitar pelas áreas comuns ou transportar a bike para o apartamento, evita as marcas de pneus deixadas no hall de entrada ou na parte interna do elevador, bem como corredor que dá acesso a cada residência — estruturas que muitas vezes são claras e deixam os rastros mais evidentes.

    4. Incentivo à prática de exercícios

    A prática de atividades físicas é essencial para manter a saúde em dia e pedalar por alguns minutos ou horas faz bem para o corpo e para a mente. Com o bicicletário à vista, você sempre será lembrado de que a bike está ali e que vale a pena dar uma volta pelo condomínio ou pelas ruas do bairro. 

    Outro ponto de estímulo é saber que outros moradores também são adeptos ao uso de bicicletas. É possível criar grupos de pedaladas noturnas ou de finais de semana, estreitando os laços, o que pode ser bom para desenvolver amizades verdadeiras e também na hora de resolver os problemas em assembleias do condomínio. 

    Como você pode ver, um bicicletário no condomínio é item importante que faz diferença na qualidade de vida do morador, seja criança, jovem ou adulto. Você pode comprar ou financiar seu apartamento tranquilamente, já sabendo onde guardar a bike com segurança. 

    Gostou do post? Que tal aproveitar a visita e conferir mais um artigo, dessa vez para saber as vantagens de morar em um condomínio com espaço fitness!




    Veja também


    Por que morar no bairro Nacional em Contagem?

    Por que morar no bairro Nacional em Contagem?

    Já faz um tempo que o bairro Nacional em Contagem se destaca como uma boa alternativa de moradia. Isso porque, a região tem um potencial comercial diferenciado e a proximidade com Belo Horizonte permite um acesso mais rápido a pontos estratégicos da capital.  A cidade...

    Por que morar na região do Matão em Sumaré?

    Por que morar na região do Matão em Sumaré?

    O estado de São Paulo é grande, repleto de cidades bem estruturadas e excelentes para morar, como é o caso de Sumaré. No município, a região do Matão se destaca por suas características e vantagens de estabelecer moradia no bairro.  Apesar de pertencer à cidade,...