Posso vender ou alugar uma casa financiada pelo programa Minha Casa Minha Vida?

Você é proprietário de um imóvel do programa Minha Casa Minha Vida, ou está no meio de um financiamento, e quer saber quais são os seus direitos em relação a ele? Em meio às dúvidas mais comuns sobre o programa está a de que se é possível ou não vender ou alugar um imóvel adquirido pelo Minha Casa Minha Vida.

A resposta para essa pergunta é sim, mas não em todos os casos. Será sempre preciso verificar em qual faixa você estava quando iniciou o seu financiamento e se é possível vendê-lo ou a até mesmo alugar, durante ou no fim das parcelas. Acompanhe no nosso artigo sobre quais são as condições e veja como agir da maneira correta.

Como são as regras para vender ou alugar um imóvel Minha Casa Minha Vida?

É comum ter dúvidas ao longo do processo de aquisição da casa própria. O que recomenda-se que seja feito é manter a calma e realizar muitas pesquisas.

Quando se trata de um programa social do governo que oferece subsídio para moradia, a atenção precisa ser maior devido às normas, pré-requisitos e condições envolvidas no contrato.

Sobre venda e aluguel, você deve se atentar para qual é a faixa que está classificado.

Na faixa 1, por exemplo, os beneficiários não podem vender ou alugar o imóvel antes que o prazo do financiamento termine. Isso quer dizer que, durante os 10 anos de financiamento, não será permitido, alugar, vender, ceder para outra pessoa e nem emprestar o imóvel.

Realizar essas ações antes do fim desse período só é permitidos caso o pagamento das parcelas seja antecipado e finalizado. Entretanto, se a pessoa quiser quitar o imóvel antes, ela terá que pagar todo o saldo que ainda falta mais o subsídio que recebeu do governo. Só assim o imóvel poderá ser vendido ou alugado.

nas faixas 2 e 3, os imóveis podem ser alugados durante o período que o comprador estiver pagando o financiamento. Além disso, diferentemente da faixa 1, o imóvel poderá ser quitado em qualquer momento do financiamento e não será preciso devolver o subsídio.

Quais são as punições para quem descumprir as regras?

Já citamos algumas condições de aluguel e venda de um imóvel do programa Minha Casa Minha Vida. No entanto algumas punições são aplicadas se o proprietário realizar essas ações antes do tempo determinado.

Caso a pessoa oferte o imóvel para venda ou aluguel antes do fim do financiamento, ou firme um “contrato de gaveta” (que é a combinação particular entre comprador e vendedor, sem participação de instituição financeira), o banco fornecedor do financiamento pode pedir na justiça a retomada do imóvel.

É necessário destacar que, se o dono do financiamento quitar a dívida antes do fim da ação judicial, ele poderá conseguir evitar a perda do imóvel.

Essas são as principais condições. Contudo, é importante lembrar que cada pessoa pode participar apenas uma vez do programa Minha Casa Minha Vida. Então, se a casa for vendida, o cidadão não poderá se inscrever novamente no programa.

Gostou das nossas dicas? Aproveite para compartilhar nas redes sociais e ajudar quem também está à procura de informações sobre o Minha Casa Minha Vida.




Veja também


As melhores cores de tinta para parede da sua casa

As melhores cores de tinta para parede da sua casa

Montar uma casa nova ou até mesmo reformar a sua, exige considerar diversos fatores. Desde a escolha dos pisos a disposição dos móveis e o projeto paisagístico, tudo importa e deve ser pensado com antecedência. Porém, uma característica que interfere, mas poucas...

Como montar um escritório em casa

Como montar um escritório em casa

Uma tendência interessante e que, atualmente, vem ganhando espaço, é a de se trabalhar de casa. Com altas taxas de desemprego e vagas formais de trabalho em falta no mercado, muitas pessoas veem na própria residência um espaço para se sustentar. Para isso, elas...