Você se encaixa no programa Minha Casa Minha Vida?

Se você tem renda bruta máxima de até R$ 9.000 mensais a resposta é sim! O programa Minha Casa Minha Vida contempla famílias de baixa renda e que estão à procura de um novo local para morar.

Com planejamento é possível sair do aluguel e garantir a casa própria. Só que até chegar no planejamento de fato muitas dúvidas passam na nossa cabeça. Quanto de subsídio eu vou ter? Será que consigo pagar o financiamento? O aluguel vai me atrapalhar? E a principal delas: será que me encaixo no programa Minha Casa Minha Vida?

Renda

Já fizemos aqui no blog um post especial falando sobre quem pode participar do programa Minha Casa Minha Vida. Confira e saiba mais detalhes.

O programa é dividido em quatro faixas e pode beneficiar diferentes grupos de família. A faixa 1 contempla famílias com renda bruta mensal de até R$ 1.800. Os empreendimentos variam de acordo com o local em que foram construídos e podem ser custeados em até 90% do valor total.

Já a faixa 1,5 é direcionada para a as famílias que ganham até R$ 2.600 de renda bruta mensal. Nesse caso o programa oferece subsídio de até R$ 45.000 para o financiamento de imóveis de até R$ 135.000.

Tem também a faixa 2, na qual a renda bruta mensal das famílias precisa ser entre R$ R$ 3.600 e R$ 4 mil. Essa faixa permite que a simulação seja feita diretamente para saber o valor do subsídio que o programa pode oferecer. Para entender quais são as suas condições de financiamento, acesso o nosso simulador.

A última faixa é a número 3. Nela, famílias com renda bruta mensal de até R$ 9 mil podem ter direito ao financiamento pelo FGTS, o que facilita ainda mais a aquisição do imóvel.

O que fazer se você é autônomo?

Saiba que você também tem direito. Para comprovar a renda você deve juntar extratos de transações bancárias mensais, de pelo menos seis meses, e a declaração do Imposto de Renda.

Para realizar o financiamento da casa própria, é necessário que você tenha uma conta corrente para movimentar as parcelas da compra. Ter somente a conta poupança não será o suficiente.

Além dos extratos e da declaração do Imposto de Renda, também é recomendável que você guarde contratos e recibos de serviços que foram prestados. Eles vão ajudar na liberação mais acelerada do financiamento, pois neles estão os trabalhos que foram realizados e quanto você recebeu por eles.

Mesmo depois de todas essas dicas, você ainda tem a opção de formalizar o seu trabalho; emitir a Declaração Comprobatória de Percepção de Rendimentos (Decore), esta que só pode ser feita por um contador; ou, se nada disso funcionar, fazer um consórcio. Mas isso é assunto para outro artigo.

Nome sujo

Ainda há esperança caso você não esteja com o nome legalizado. Pessoas que estão na faixa 1, mesmo com o nome sujo, podem participar do programa. Acima desta faixa não é permitido. Então regularize a sua situação.

E então, as nossas dicas te ajudaram? Que tal compartilhar o nosso artigo nas redes sociais e ajudar quem também está na dúvida?

 

VIC Engenharia

Somos especialistas em imóveis para o programa Minha Casa Minha Vida. Oferecemos empreendimentos diferenciados, prezando pela qualidade, segurança e responsabilidade social.

Veja também

Downloads

Baixe nosso material rico

Quem compara, compra VIC.

Saiba como comprar um imóvel com parcelas mais baratas que aluguel.
Receba dicas e promoções por email